Trabalhar num projeto que envolve o nome de Chico Xavier não tem preço! Pode até parecer propaganda bandeira de cartão de crédito, mas é a mais pura verdade. A certeza de sua presença no dia das gravações é clara, por mais que seja difícil de provar…

Além de todas as confirmações dos médiuns presentes (e videntes) no dia da gravação, das projeções conscientes de tantos outros médiuns que apenas fisicamente não estavam, no momento que fomos nos despedir de Saulo e Geraldinho nos deparamos com uma das cenas mais emocionantes dos bastidores: uma grande revoada de andorinhas, vindas “do nada”, dançava de forma circular (qualquer semelhança não é mera coincidência) em torno dos dois entrevistados como numa espécie de despedida.

Fomos tomados por tamanha emoção, os olhos se encheram de lágrimas e não conseguimos contê-las. A presença de Chico e da espiritualidade se fazia tão forte e intensa; o chakra cardíaco estava tão expandido e que dava a sensação de que o meu peito ia explodir.

“Eu nem fui ainda e já estou com saudades”, confessou Geraldinho ao me abraçar se despedindo.

Já Saulo me deu aquele abraço caloroso, como um avô que abraça sua neta e me agradeceu pela oportunidade. Prontamente respondi que era eu quem me sentia grata. De jornalista em início de carreira, para o repórter do Chico Xavier: essa honra era minha mesmo.

A sensação que ficou? Era como se nos despedíssemos de entes familiares e muito amados!

Faça parte deste projeto! Conheça cada cota de apoio e a formas de expressar nossa gratidão atreladas a cada uma delas! http://filmes.pozati.com/chico-xavier/

Iasmine Pereira

Author Iasmine Pereira

Jornalista, bruxona e Coordenadora de Comunicação da Pozati Filmes, Iasmine é parte do time do Círculo, uma galera que literalmente "sees dead people".

More posts by Iasmine Pereira

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.